Projota lança mais uma música com crítica a sociedade. Depois de “Mayday”, vem ouvir “Sr. Presidente”!

Depois do sucesso de “Mayday”, Projota acaba de lançar mais um single com duras críticas a sociedade. Em “Sr. Presidente”, o rapper fala diretamente com o Presidente do Brasil.

O rap com letra politizada faz duras críticas a atual situação do país. O artista define o trabalho como “um grito que fala por milhões de brasileiros que acreditam no seu país, mas se sentem desamparados”.

Para você ter uma ideia.. Esse novo single mostra os questionamentos do rapper ao líder da nação diante de um quadro de abandono. Os versos são contundentes: “Sr. Presidente, esse país tá doente / Nosso povo já não aguenta mais / Sr. Presidente, como você se sente / Ao ver a fila dos nossos hospitais? / Sr. Presidente, até queria que a gente / Se entendesse mas não sei como faz”.

Confira o resultado:

A capa do single também faz alusão a situação atual do país. O fundo verde foi escolhido por ser a cor que representa esperança e que é predominante na bandeira do Brasil. No centro vemos três quadros que fazem alusão ao símbolo presidenciável. A primeira imagem, rabiscada, mostra o passado conturbado; a segunda, nítida, é o presente; já a terceira, sem nitidez, mostra o futuro incerto e que traz todas as possibilidades.

 

Abaixo, você pode ver uma prévia do clipe, que deve sair ainda hoje:

O rapper ocupa hoje um lugar de destaque na música brasileira e é um dos principais responsáveis por levar o rap de volta às paradas de sucesso. Autor de músicas como “Ela Só Quer Paz”, “Muleque de Vila”, “Oh Meu Deus”, “Elas Gostam Assim”, “Cobertor” e tantos outros. 

Com mais de 1 bilhão de views em seu canal do Youtube e 1,7 milhões de ouvintes mensais no Spotify, Projota busca com seu novo lançamento chamar atenção para a situação de abandono do país. Batidas fortes, verbo contundente e refrãos marcantes já são a marca registrada do cantor.

 

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *